Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Ciclo-Oficina Gratuita de Lisboa

Dia "6 de Maio de 2007, em Lisboa, um grupo de cidadãos montou em plena rua uma ciclo-oficina GRATUITA, oferecendo vida à rua dos Bacalhoeiros que tem estatuto de livre de trânsito, mas que é constantemente invadida pelo automóvel.Apareceram cerca de 10 pessoas que costumam participar na massa critica e/ou que estão de alguma forma ligadas à divulgação de modos sustentáveis e agradáveis de utilização do espaço público... Apareceram cerca de 3 ou 4 pessoas que realmente precisavam de arranjar a bicicleta! Apareceram alguns peões que nos iam perguntando mais coisas e que apoiaram a iniciativa, pedindo mais informações, tanto sobre a oficina, como sobre a massa critica, ou até como poderiam aprender a andar de bicicleta.A ocupação da rua, foi de facto algo importante, a união de esforços e reunião das pessoas com ideias semelhantes ainda mais! De facto, o importante não será contar o número de bicicletas que são arranjadas ou afinadas, mas sim ter uma plataforma de conversa, de geração de ideias, de congregação de esforços... uma plataforma real, e não on-line (ou virtual). As relações humanas, as conversas, os sorrisos e os sujares de mão são de facto uma mais valia.Espera-se que a iniciativa seja regular e crescente, sendo importante esta ocupação saudável do espaço público, não só para os utilizadores de bicicleta na cidade, mas também para possíveis futuros utilizadores, como ponto de informação, esclarecimento ou simplesmente de convívio e participação cívica.No dia 17 de Junho 2007, a seguir à realização da ciclo-oficina (18h00) serão apresentados alguns filmes na Associação Cultural dos Bacalhoeiros seguidos de discussão sobre a temática da mobilidade urbana.Na certeza de que há muita gente interessada no tema, mas que ainda não tomou o primeiro passo, é preciso desencadear processos de ignição e de despertar para a mudança da realidade...No final do dia, já não existiam carros estacionados na rua dos bacalhoeiros...A Ciclo-Oficina Gratuita de Lisboa teve início em Março de 2007 e realiza-se nos 1º e 3º Domingos de cada mês. A FPCUB apoiou desde o primeiro momento esta iniciativa e ofereceu uma caixa de ferramentas e um suporte para bicicletas.Aviso: Não se fornecem peças para o arranjo das bicicletas. Apenas se disponibiliza a mão de obra."

Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta - http://www.fpcub.pt/

publicado por JCM às 11:28
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De MC a 30 de Junho de 2007 às 01:15
As minhas desculpas pelo impulso anterior. Só me custou ver os louros serem tirados a quem organiza a oficina (alguns sócios da FPCUB obviamente).

De qualquer modo parabéns pelo blog (já agora, falem um pouco do vosso grupo de investigação da UA, que fiquei bastante curioso). Vou já meter nos links do meu blog (menos1carro.blogs.sapo.pt)

abraço

miguel


De MC a 30 de Junho de 2007 às 01:09
Não quero ser chato, mas esta actividade não tem nada a ver com a FPCUB.
É organizada exclusivamente por voluntários que participam na Massa Crítica de Lisboa


De JCN a 29 de Junho de 2007 às 16:04
Sim claro picão, mas os gps's alem de terem um custo necessitam de ser carregados com software actualizado!enquanto que um site na net não tem custos ( avultados ).

Contudo o principio é o mesmo... e válido de qualquer das formas...existe para os gps's dos automoveis uma aplicação que tem informação sobre radares da policia...podiamos estar a falar, em relação a estes aparelhometros, de uma aplicação semelhante que "apitasse" sempre que estivessemos nas imediações de uma via com uma pista ciclavel ( por exemplo


De Picao84 a 29 de Junho de 2007 às 15:31
João Casa Nova,
É uma boa ideia e que até já existe a outro nível: a utilização de dispositivos GPS móveis com percursos pré-definidos.


De Anónimo a 29 de Junho de 2007 às 13:08
Parabéns pela iniativa! :)

Alexandre.


De João Casa Nova a 29 de Junho de 2007 às 12:41
Não sendo um entendido catedrático, no que concerne a politicas de mobilidade, tenho algumas sugestões que podem ser, na minha opinião, tidas em conta como pistas a seguir:

-criar um SIG on-line que permita a um utilizador um facil e rápido acesso a percursos cicláveis, dos mais diversos tipos, quase como um mapa de estradas que classifica as vias!Aqui os utilizadores podiam fazer percursos que se adaptassem às suas necessidades, lazer ou desporto.Não será um custo assim tão grande e seria muito interessante se se promovesse a ideia que os utilizadores poderiam e deveriam promover actualizações!

Uma segunda ideia é dar utilidade ao dia, anual, europeu sem carros!este dia é referencia uma vez por ano...como é possivél este dia que deve promover a mudança começar a cair no esquecimento! é fundamental criar um dia mensal sem carros, nem que seja no fim de semana!Já sei que surgem problemas como os transportes publicos mas não é com um dia por ano que se vai convencer alguem a andar de autocarro, a pé ou de bicicleta!
Se não tiramos os carros da estrada não vamos convencer nenhum pai a trazer o seu filho para a rua com uma bicicleta (nem com rodinhas).Mas depois é necessário criar ainda mais dias sem carros para que os hábitos sejam ainda mais reforçados.

São apenas duas ideias que considero serem bases que devem ser lançadas


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Projecto Cicloria

. Conferência ‘O Lazer e o ...

. Assine a petição

. ECOPISTAS. Corredores ve...

. Inauguração do NaturRia (...

. Poster do Projecto de Mob...

. Conferência Final de ence...

. 90 quilómetros de ciclovi...

. Murtosa Ciclável

. O Projecto de Mobilidade ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sintese do evento be IN A...

blogs SAPO

.subscrever feeds