Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

"Swiftwalker", 1817

É atribuído a um inventor alemão, de nome Karl von Drais, a criação da primeira bicicleta, em 1817. Tratava-se de uma espécide de "cavalo de madeira", com duas rodas de cabedal, mas sem pedais.

Rezam as crónicas que a sua recepção foi muito pouco entusiástica. De tal modo que o município de NovaYorque fez uma lei que proibiu a sua circulação.

in http://www.exploratorium.edu/


tags:

publicado por JCM às 21:57
link do post | comentar | favorito
|

Algumas ideias-chave para uma Estratégia de Desenvolvimento da Mobilidade Ciclável bem sucedida

  • Educação
  • Restrições ao automóvel
  • ...


publicado por JCM às 17:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O GPS e a Bicicleta


A utilização de sistemas de informação de apoio à bicicleta passa já pela utilização do sistema GPS. No Reino Unido, a Cycle Touring Club disponibiliza já software programado pelos seus membros com rotas para utilização em dispositivos GPS de âmbito turistico.

Mais informação em http://www.cyclegps.org.uk/

publicado por JCM às 15:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Propostas para a promoção do uso da bicicleta (em Lisboa e não só)

A A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) entregou a todos os candidatos da CM de Lisboa, no início de Junho, um documento com várias propostas concretas para promoção do uso da bicicleta em Lisboa.

publicado por JCM às 14:50
link do post | comentar | favorito
|

Bicicleta nas eleições para a Câmara Municipal de Lisboa

Na campanha eleitoral para a Câmara de Lisboa, a bicicleta constitui já um dos temas a serem debatidos pelos principais candidatos à presidência da autarquia.

Existem já promessas relativas à instalação de parques, ciclovias, de um sistema de aluguer de bicicletas semelhante à BUGA de Aveiro, de um sistema de informação on-line, entre outros, conforme o candidato.

Esta informação pode ser encontrada em http://www.fpcub.pt/portal/index.php?option=com_content&task=view&id=95&Itemid=2

Dia 28 de Junho, dois representantes e um candidato às mesmas eleições debateram, numa cooperativa cultural, a utilização da bicicleta, concordando que a utilização da bicicleta na cidade de Lisboa conduziria a melhorias na qualidade de vida dos seus cidadãos.


O programa Sinais da TSF aproveitou a deixa para abordar o tema, alertando para indicações e apoios dados pela Comissão Europeia a este nível.

Para ouvir em http://tsf.sapo.pt/online/radio/index.asp?id_artigo=TSF181680&pagina=Interior

publicado por JCM às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Ciclo-Oficina Gratuita de Lisboa

Dia "6 de Maio de 2007, em Lisboa, um grupo de cidadãos montou em plena rua uma ciclo-oficina GRATUITA, oferecendo vida à rua dos Bacalhoeiros que tem estatuto de livre de trânsito, mas que é constantemente invadida pelo automóvel.Apareceram cerca de 10 pessoas que costumam participar na massa critica e/ou que estão de alguma forma ligadas à divulgação de modos sustentáveis e agradáveis de utilização do espaço público... Apareceram cerca de 3 ou 4 pessoas que realmente precisavam de arranjar a bicicleta! Apareceram alguns peões que nos iam perguntando mais coisas e que apoiaram a iniciativa, pedindo mais informações, tanto sobre a oficina, como sobre a massa critica, ou até como poderiam aprender a andar de bicicleta.A ocupação da rua, foi de facto algo importante, a união de esforços e reunião das pessoas com ideias semelhantes ainda mais! De facto, o importante não será contar o número de bicicletas que são arranjadas ou afinadas, mas sim ter uma plataforma de conversa, de geração de ideias, de congregação de esforços... uma plataforma real, e não on-line (ou virtual). As relações humanas, as conversas, os sorrisos e os sujares de mão são de facto uma mais valia.Espera-se que a iniciativa seja regular e crescente, sendo importante esta ocupação saudável do espaço público, não só para os utilizadores de bicicleta na cidade, mas também para possíveis futuros utilizadores, como ponto de informação, esclarecimento ou simplesmente de convívio e participação cívica.No dia 17 de Junho 2007, a seguir à realização da ciclo-oficina (18h00) serão apresentados alguns filmes na Associação Cultural dos Bacalhoeiros seguidos de discussão sobre a temática da mobilidade urbana.Na certeza de que há muita gente interessada no tema, mas que ainda não tomou o primeiro passo, é preciso desencadear processos de ignição e de despertar para a mudança da realidade...No final do dia, já não existiam carros estacionados na rua dos bacalhoeiros...A Ciclo-Oficina Gratuita de Lisboa teve início em Março de 2007 e realiza-se nos 1º e 3º Domingos de cada mês. A FPCUB apoiou desde o primeiro momento esta iniciativa e ofereceu uma caixa de ferramentas e um suporte para bicicletas.Aviso: Não se fornecem peças para o arranjo das bicicletas. Apenas se disponibiliza a mão de obra."

Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta - http://www.fpcub.pt/

publicado por JCM às 11:28
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Cities for Cyclists

Site de uma Rede Europeia de Cidades que pretende promover a troca de experiências e informação relativa à mobilidade ciclável.
Infelizmente, não existe nenhuma cidade portuguesa envolvida no projecto, mas fica aqui o desafio.
O site contêm também uma série de documentos em formato digital a nível de política e de desenho de uma estratégia para a mobilidade ciclável, bem como guias mais técnicos para o desenho de redes cicláveis.

http://cities-for-cyclists.org/

publicado por JCM às 09:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Ecopistas em debate na CCDR Alentejo

Site da CCDR Alentejo

“Plano de Ecopistas na Região do Alentejo Mobilidade, Turismo e Desenvolvimento Sustentáveis e Valorização do Território” é o tema de um Workshop regional, organizado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo e pela REFER, que se realizou no Auditório da CCDR Alentejo, no passado dia 22 de Junho.

Com este workshop pretende-se promover e divulgar o Plano Nacional de Ecopistas (PNE) da REFER, com enfoque na Região do Alentejo, isto para além promover e divulgar o Património Edificado existente nas linhas desactivadas.

Os participantes nesta reunião vão poder trocar experiências nacionais e internacionais, dinamizar a execução do PNE, fomentando e incrementando parcerias proactivas com a CCDR/Associações de Municípios/Municípios/Instituições Regionais ligadas ao Turismo, Ambiente, Ordenamento e Educação.

Promover a articulação de todos os projectos de Ecopistas, com outras rotas, itinerários, circuitos, acessibilidades, corredores verdes e potenciais ZTI (Zonas Turísticas de Interesse), assim como maximizar o potencial aproveitamento do QREN (2007-2013) em todas as vertentes elegíveis por este tipo de projectos, é outro dos objectivos do Workshop.

Muito se tem falado de Ecopistas, mas convém saber na realidade o que são as Ecopistas. Pois bem, são vias de comunicação autónomas, reservadas às deslocações não motorizadas, realizadas num quadro de desenvolvimento integrado, que valorize o meio ambiente e a qualidade de vida e que cumpram as suficientes condições de largura, inclinação e qualidade da superfície, de forma a garantir uma utilização em convivência e segurança por parte de todos os utentes, independentemente da capacidade física dos mesmos.

A REFER enquanto gestora da infra-estrutura ferroviária tem procurado, no que concerne aos antigos canais desactivados, protocolá-los exclusivamente com os respectivos Municípios.Este Plano de reconversão dos antigos canais em Ecopistas, segue em linhas gerais o mesmo modelo que com sucesso tem sido implementado ao longo das últimas dezenas de anos noutros países, onde a designação usada é “Greenways ou Voies Vertes ou Vias Verdes”.

Todo este movimento a nível Europeu, deu origem á Associação Europeia de Vias Verdes.A experiência portuguesa nesta área é muito diversificada e tem dependido das diversas Instituições, Municípios, Associações e Agentes de Desenvolvimento local que sentem a necessidade de proporcionar às respectivas comunidades e a todos os seus visitantes um contacto próximo com o seu património natural, arquitectónico monumental e histórico.

A REFER desencadeou o processo de criação de uma Rede de Ecopistas, precisamente em 2001, dado que os antigos canais ferroviários desactivados totalizam cerca de 700 Kms a nível Nacional e atravessavam cerca de meia centena de Municípios.Entretanto a REFER, participou e participa no Projecto REVER Medoc (Projecto de criação de uma Rede Verde Europeia para o Mediterrâneo Ocidental) que abrange Portugal (Alentejo e Algarve), e diversas regiões de Espanha, França e Itália, assim como se tornou sócia da Associação Europeia de Vias Verdes (Europeean Greenways Association – EGWA).

A adesão até agora verificada com o Plano Nacional das Ecopistas mormente com a utilização das Ecopistas já existentes e que se referem ao antigo Ramal de Monção, Ramal de Mora, Linha do Corgo (Vila Pouca de Aguiar), Linha do Sabor (Torre de Moncorvo) decorre um ciclo autárquico que só termina em 2009.

É um sentimento comum de que o nosso País, está em crescimento exponencial e a vontade de melhorar, conservar e preservar o nosso ambiente, através de propostas de desenvolvimento sustentável é inquestionável, por isso é importante que se aproveite o QREN que prevê no eixo da Valorização do Território apoio a projectos intermunicipais no período 2007 / 2013.A CCDR do Alentejo tem em marcha a implementação de um Esquema Director de Corredores Verdes em que as Ecopistas serão âncoras da rede de percursos permitindo contribuir para um novo tipo de oferta Turística ligada ao Ecoturismo Turismo da Natureza, um dos produtos previstos no PENT – 2015 (Plano Estratégico Nacional de Turismo), que permitirá contribuir para o combate à desertificação de variadíssimas regiões espaços rurais potenciando empregos locais, contribuindo assim para a Estratégia Nacional de Desenvolvimento Sustentável.

tags:

publicado por JCM às 22:41
link do post | comentar | favorito
|

Debate sobre uso da bicicleta em Lisboa

Um grupo de utilizadores de bicicleta em Lisboa junta-se, convidando todos os potenciais utilizadores deste meio de transporte rápido, eficiente e amigo do ambiente, entre eles os vários candidatos à Câmara Municipal de Lisboa, para falar da sua experiência enquanto utilizadores da bicicleta na cidade de Lisboa, explicar quais são as suas necessidades para que seja ainda mais seguro e agradável andar de bicicleta em Lisboa, e discutir propostas para melhorar as condições de circulação de bicicletas.

Estão para já confirmadas as presenças dos candidatos das listas de Helena Roseta (Ind.), José Sá Fernandes (BE), Pedro Quartin Graça (MPT) e Rúben Carvalho (CDU).

Os pontos a serem abordados são estes:* Visionamento de um pequeno video sobre uma cidade grande que tenha sido sujeita a intervenções a favor da bicicleta;* Pequena resenha sobre as propostas dos vários candidatos;* Apresentação de propostas: Trajecto Farol, Acalmia em bairros residenciais;* Discussão aberta.

Local: Crew HassanDia 28 de JunhoHora: 18.30Duração: 1h30min

Promotores informais: Plataforma para a Promoção do Uso da Bicicleta www.geocities.com/bici_portugal/Contacto: bici_portugal@yahoo.com, 916511449
tags:

publicado por JCM às 17:54
link do post | comentar | favorito
|

bicicletaportugal.blogspot.com

O grupo de investigação da Universidade de Aveiro que se encontra envolvido na elaboração dos Planos de Mobilidade Sustentável da Murtosa, Oliveira de Frades e Pombal, criou um espaço de reflexão e debate sobre a mobilidade ciclável.

Trata-se de um espaço de divulgação de boas práticas e de informação sobre iniciativas relevantes.

Sejam bem vindos!

publicado por JCM às 17:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 97 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Projecto Cicloria

. Conferência ‘O Lazer e o ...

. Assine a petição

. ECOPISTAS. Corredores ve...

. Inauguração do NaturRia (...

. Poster do Projecto de Mob...

. Conferência Final de ence...

. 90 quilómetros de ciclovi...

. Murtosa Ciclável

. O Projecto de Mobilidade ...

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Sintese do evento be IN A...

SAPO Blogs

.subscrever feeds